Série História – História das motocicletas

Seja bem vindo a série história do blog da MotorBikes. Nesta série de 5 episódios iremos falar um pouco sobre a história das motocicletas e das principais marcas de motocicletas do mercado. Boa leitura!

O início das motocicletas

moto antiga - Blog Motobikers

A ideia para o seu design da moto surgiu a partir do desenvolvimento da bicicleta. Possivelmente alguém estava pensando em uma alternativa mais rápida e que não exigisse tanto esforço físico. A primeira motocicleta produzida é creditada a Gottllieb Daimler em 1885. Esta motocicleta movida a gás era basicamente um motor a gasolina acoplado a uma bicicleta padrão. No entanto, Gottllieb decidiu não continuar fabricando motocicletas e optou por se concentrar na fabricação de carros.

Durante esse período, muitos outros indivíduos também estavam trabalhando no conceito de motocicleta. Alguns dos homens por trás dessa experiência foram William Harley e Arthur Davidson. Sim, a dupla dinâmica por trás da linha de motocicletas Harley-Davidson, que se tornaram populares mundialmente em 1903.  

No início do século passado as pessoas estavam bastante interessadas em um transporte conveniente e mais econômico. O público da época adorava a ideia de um transporte motorizado, e os carros na época eram algo muito caro que poucos podiam bancar. 

Alguns desses pioneiros da motocicleta conseguiram estabelecer com sucesso empresas como a Harley-Davidson. No entanto, muitos nunca tiveram dinheiro para iniciar o empreendimento corretamente e torná-lo próspero. Outros saíram para lutar na guerra e outros ainda ficaram sem dinheiro tentando comercializar suas idéias de motocicletas durante a Depressão.

A concorrência japonesa

Motos Kawasaki - Blog Motobikers

Os fabricantes americanos de bicicletas não buscaram muitos avanços tecnológicos nas motos, até começarem a enfrentar a concorrência do Japão. Os japoneses desenvolveram um sistema de partida elétrica que se pode encontrar nas motos de hoje. 

Os fabricantes americanos de motocicletas não viam as motos japonesas como uma ameaça, mas isso foi um erro de cálculo sério. Não demorou muito para os fabricantes americanos perceberem que estavam perdendo consumidores para o mercado japonês. Isso levou à introdução de muitos novos modelos para evitar que eles perdessem mais mercado. Os baby boomers continuaram a comprar motos japonesas, pois ofereciam mais potência e eram vendidas a um preço atraente.

As motocicletas certamente mudaram muito desde a sua invenção. Hoje, o mercado está saturado de marcas bem conhecidas na indústria de motocicletas. Cada um oferece uma variedade de modelos para escolher, bem como estilos e designs únicos. 

As motos hoje em dia

Moto Harley-Davidson - Blog Motobikers

A Harley-Davidson continua na primeira posição, vendendo mais motocicletas do que qualquer outro fabricante. De fato, a maioria de suas motos são vendidas antes mesmo de saírem da fábrica.

Quando se trata da indústria de motocicletas, os consumidores aprenderam que qualidade e confiabilidade são mais importantes do que economizar ao longo do caminho. Uma motocicleta geralmente é um grande investimento, e os consumidores querem ficar satisfeitos com o produto que escolhem. Não basta ser apenas bonita e potente, precisa também ter um pouco de segurança. 

Conclusão:

A invensão das motos foi sem dúvida um grande avanço tecnológico. 

Se você gosta de motocicletas, continue acompanhando a nossa série, onde iremos contar a história das principais marcas de motocicletas que existem.

Você também pode acessar o nosso site e conhecer os diversos tipos de capacetes, equipamentos e outros acessórios que temos disponíveis para motociclistas. 

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.